Supremo é o Povo

Por Santana

Este Domingo (14/03/21), foi marcado por uma das maiores manifestações pacíficas da história do Brasil em prol do Presidente Jair Bolsonaro e da manutenção da Democracia, da Lei e da Ordem, conforme rege a Constituição Federal 88 em seu art. 1° Todo o poder emana do povo!!

O estopim desta enorme manifestação foi as condenações anuladas pelo STF realizadas pela Operação Lavajato, contra o ex-presidente Lula, aliada ao caos no sistema de saúde pública, desemprego e crise econômica causada pelo Lockdown em diversos Estados e Municípios, implementado pelos Governadores e Prefeitos socialistas. Estes que criaram uma “guerra” política e ideológica em torno da terrível pandemia causada pelo vírus chinês (covid19), com o objetivo de enfraquecer politicamente o Presidente Jair Bolsonaro.

Esta manifestação pacífica em todo o território nacional fortaleceu o Governo Bolsonaro diante de diversos ataques de cunho ideológico e parcial por parte de membros do Poder Judiciário, imprensa e demais órgãos ligados a extrema esquerda. A Sociedade brasileira mostrou de que lado está!

O Governo Federal, nunca na história do Brasil destinou tanto recurso para os Estados e Municípios, porém na prática, os tais “gestores” ou não investiram os recursos federais no sistema público de saúde ou desviaram tais verbas para outras finalidades, deixando o combate a pandemia e a sociedade em 2° plano. Além de diversas proibições e protocolos de saúde Estaduais restringindo ou proibindo a utilização de medicamentos mais eficientes defendidos pelo Governo Federal e diversas organizações médicas de saúde, o que está ocasionando uma enorme demanda e alta letalidade, criando um verdadeiro caos no sistema único de saúde, com falta de leitos e equipamentos indispensáveis.

SANTANA Jornalista / Bacharel em Ciência Política / Pós graduado em Segurança Pública e Policiamento pmbnoticias.com

SANTANA

SANTANA - Jornalista e Bacharel em Ciência Política

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

RSS
Follow by Email
YouTube
YouTube
LinkedIn
LinkedIn
Share
Instagram