• 19 de junho de 2021 10:22

Por João Paulo Moralez

O 1º Batalhão de Polícia de Choque Tobias de Aguiar, da Polícia Militar do Estado de São Paulo (PMESP) recebeu na manhã do dia 6 de maio de 2021 dois fuzis de calibre 7,62mm AR-10, representando mais uma ferramenta no combate ao crime.

Os fuzis, equipados com supressor de ruído e miras óticas Night Force serão usados nas ações de repressão ao chamado “novo cangaço”, como são conhecidas as organizações criminosas ultraviolentas que empregam grandes quantidades de armamentos pesados, munições e até proteção balística.

O fuzil ArmaLite AR-10 SuperSASS, é uma arma de precisão muito utilizada por diversas forças de segurança pelo mundo (Imagens: João Paulo Moralez)

As Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar (ROTA), modalidade de policiamento tático altamente operacional do 1º de Choque da PMESP, desenvolveu recentemente um novo procedimento de Atirador Designado, que vai agir para neutralizar um criminoso com maior potencial de ferir terceiros durante uma ocorrência, reduzindo efeitos colaterais, aumentando a segurança da tropa e fazendo o levantamento de informações no cenário local. Os fuzis serão utilizados nesse novo tipo de procedimento.

SANTANA

SANTANA - Jornalista e Bacharel em Ciência Política

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *