POLICIAL MILITAR SE REVOLTA CONTRA O SISTEMA E ACABA MORTO EM SALVADOR

PM surta em Salvador, é perseguido por viaturas, atira com fuzil em frente ao Farol da Barra e é baleado em tiroteio

Quando o policial chegou em frente ao Farol da Barra, ele desceu do veículo, começou a falar frases desconexas e efetuar os disparos de arma de fogo.

Jornal da Chapada

Vídeos enviados ao Jornal da Chapada mostram suposto surto de um policial militar em Salvador neste domingo (28). O policial chegou a ser perseguido por viaturas antes de efetuar vários disparos no Farol da Barra. A região foi fechada e tomada por militares. O homem teria morrido em tiroteio, após atirar contra guarnições. Mas a informação não foi oficializada ainda e ele estaria em estado grave no Hospital Geral do Estado (HGE).

De acordo com publicação do BNews, “o policial militar atirou diversas vezes para cima durante um surto”. Informações obtidas pelo site da capital, apontam que “a perseguição começou na Avenida Sete de Setembro”.

As negociações duraram quase cinco horas. Conforme relatos, o homem foi transferido contra sua vontade. “O comandante dele transferiu ele contra vontade. Isso é perseguição. De Itacaré para Valéria. Que absurdo”, aponta um internauta.

O PM chegou em frente ao Farol da Barra, derrubou barricada de ferro, desceu do veículo, começou a falar frases desconexas, pintou o rosto e efetuou disparos de arma de fogo. A ação para desarmar o policial surtado resultou nele indo para no hospital. Foram muitos tiros disparados contra o homem.

Em vídeo recebido pelo Jornal da Chapada, moradores da Barra registraram o momento exato dos tiros disparados contra o policial. Ele chegou a atirar em direção às viaturas que tinham cercado o perímetro e foi baleado em seguida, após os militares reagirem à agressão. Houve muita comoção nas redes sociais. O tiroteio foi transmitido ao vivo por internautas.

O local foi fechado e tomado por policiais | FOTO: Divulgação |

Polícia Militar emite nota
A Polícia Militar da Bahia (PM-BA) lamenta profundamente o episódio que ocorreu no domingo (28), no Farol da Barra, quando todos os esforços foram feitos por um final pacífico durante um possível surto de um PM. O Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) adotou protocolos de segurança e o policial militar ferido foi socorrido imediatamente pelo Samu.

“A corporação tomou conhecimento ainda de um vídeo do momento em que a imprensa acompanha o fato e é interpelada por um policial militar. A instituição ressalta o respeito à liberdade de expressão e ao trabalho dos jornalistas. O fato será devidamente apurado”. Texto atualizado às 20h00 para corrigir informações.

Jornal da Chapada

SANTANA

SANTANA - Jornalista e Bacharel em Ciência Política

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

RSS
Follow by Email
YouTube
YouTube
LinkedIn
LinkedIn
Share
Instagram