Paulistas se recusam a tomar vacina da China contra Covid

Governador João Doria fez parceria para iniciar testes no estado

Gabriela Doria

Moradores do estado de São Paulo se uniram nas redes para dar início a um boicote às vacinas criadas pela China para combater a Covid-19. Nesta semana, o governador João Doria anunciou que fez uma parceria com um laboratório chinês para produzir doses do antídoto e testá-lo em 9 mil voluntários no estado.

Nas redes, internautas disseram que não iriam tomar a vacina e também colocaram em dúvida a confiabilidade do medicamento, que foi desenvolvido pela China, país onde a pandemia começou.

– Eu que não vou tomar vacina nenhuma da China! Comunistas não são confiáveis! #BolsonaroTemRazão – escreveu uma usuária.

Outro apontou um suposto conluio entre o gigante asiático e o governador de São Paulo.

– Eu não confio nem em Doria e nem na China porque são comunistas e Doria ainda é pior porque não assume isto. Não tomo essa vacina nem a pau. Prefiro morrer naturalmente – disse um usuário.

SANTANA

SANTANA - Jornalista e Bacharel em Ciência Política

Um comentário em “Paulistas se recusam a tomar vacina da China contra Covid

  • 6 de julho de 2020 em 00:38
    Permalink

    Pq não convidam para tomar a vacina os chineses residentes em são Paulo? Pq o próprio Doria não toma? Pq ele não coloca sua esposa pra tomar a vacina?

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *