Navio do Greenpeace esteve no Nordeste no dia do despejo do óleo criminoso

GPS do navio ‘entregou’ localização da embarcação na data do descobrimento da sujeita

O navio Esperanza, do Greenpeace, esteve no litoral nordestino.

Coincidentemente’ no começo de setembro, quando o óleo criminoso foi descoberto.
A embarcação chegou ao porto Degrad des Cannes (Guiana Francesa) em 28 de agosto. Saiu no dia 30 e passou onze dias no mar, voltando no dia 10. As manchas de óleo começaram a aparecer no litoral do Nordeste em 2 de setembro.

O navio saiu outra vez da Guiana Francesa no dia 12, passou quinze dias sem atracar em qualquer porto até voltar no dia 27.

Os dados são públicos e estão em sites como o My Ship Tracking, que monitoram navios em circulação.

Após sete dias ancorado em Degrad des Cannes, o “Esperanza” iniciou em 5 de outubro viagem pela costa brasileira, com destino ao Uruguai. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

Será que Jair Bolsonaro está novamente certo?

https://oalerta.com.br/2019/10/27/navio-do-greenpeace-esteve-no-nordeste-no-dia-do-despejo-do-oleo-criminoso/?fbclid=IwAR3s2DlNy47kAafsocoM0OKgq89ZVq36-qcuVCxMXCfpPMbqnczM7ULdo5U

SANTANA

SANTANA - Jornalista e Bacharel em Ciência Política

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

RSS
Follow by Email
YouTube
YouTube
LinkedIn
LinkedIn
Share
Instagram