Na Bolívia, Policiais não obedecem mais ordens de Evo Morales e juntam-se ao povo

Policiais das cidades bolivianas de CochabambaSucre Santa Cruz se rebelaram, nesta sexta-feira (8), contra a controversa vitória eleitoral de Evo Morales.

As forças de segurança afirmaram que não reprimirão mais os manifestantes da oposição que exigem a renúncia do presidente.

A revolta teve início em Cochabamba, quando um policial com o rosto coberto anunciou, no Quartel-General da Unidade Tática de Operações: “Estamos amotinados”.

Segundo o jornal Folha de S.Paulo, outro policial acrescentou: “Vamos estar com o povo, não com os generais”.

Evo Morales, de 60 anos, no poder desde 2006, ignora as reivindicações da oposição, que o acusa de “fraude” eleitoral. Um auditoria confirmou, também nesta sexta, diversas irregularidades no último pleito.

A oposição exige sua saída, a anulação das eleições e uma nova disputa sem Morales como candidato. O mandatário boliviano rebate, alegando que o pleito foi limpo, e exige que os resultados sejam respeitados.

https://noticiabrasilonline.com/na-bolivia-policiais-nao-obedecem-mais-ordens-de-evo-morales-e-juntam-se-ao-povo/amp/?fbclid=IwAR0DCtBOfYDv76pEgi29vVv1tjzwE8yVPUu8aUnq1Lt47IOamkoueX6MMZw

SANTANA

SANTANA - Jornalista e Bacharel em Ciência Política

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *