Há plantações extensivas de maconha em universidades, diz Weintraub

“Não são três pés de maconha, são plantações extensivas em algumas universidades”, afirmou o ministro Weintraub.

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, afirmou, nesta sexta-feira (22), que as universidades são “madraças de doutrinação” e “tem plantações extensivas” de maconha.

Em entrevista ao Jornal da Cidade, Weintraub disse também que os laboratórios de química estão desenvolvendo droga sintética, a metanfetamina.

“Você tem plantações de maconha, mas não são três pés de maconha, são plantações extensivas em algumas universidades, a ponto de ter borrifador de agrotóxico”, afirmou Weintraub.

“Você pega laboratórios de química, uma faculdade de química não era um centro de doutrinação… desenvolvendo drogas sintéticas, metanfetamina, e a polícia não pode entrar nos campi”, acrescentou.

Em nota pública, segundo o portal G1, a Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes) disse que Weintraub “parece nutrir ódio pelas universidades” e que “ultrapassa todas as fronteiras que devem limitar, sobretudo, os atos de um gestor público”.

Andifes disse que está tomando “as providências jurídicas cabíveis para apurar eventual cometimento de crime de responsabilidade, improbidade, difamação ou prevaricação”.

SANTANA

SANTANA - Jornalista e Bacharel em Ciência Política

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *