Comandante da Marinha diz que vazamento de óleo foi uma “agressão à nossa pátria”

“O que se sabe pelos cientistas, é que o petróleo é de origem venezuelana”, disse o militar

Até o momento, a Marinha do Brasil e nem outros órgãos oficiais sabem informar com precisão a origem do óleo derramado no litoral brasileiro, mas uma hipótese surgiu nesta terça-feira (22), após uma declaração do comandante Ilques Barbosa.Continua depois da publicidade

O militar disse que as investigações se concentram agora em apenas 30 navios de países diferentes, e não mais em 1000, como antes, sendo a principal suspeita um “dark ship”, termo usado para classificar navios irregulares que procuram despistar a fiscalização dos governos.

Segundo o comandante, ele busca vias de comunicação marítimas que não são tão frequentadas, procura se evadir das marinhas de guerra e não alimenta seus sistemas de identificação. “Ele procura as sombras. E essa navegação às sombras produz essa dificuldade de detecção”, explicou.

“O mais provável é de um dark ship ou um navio que teve um incidente e, infelizmente, não progrediu a informação como deveria”, disse Barbosa. Uma vez que o comandante do navio não comunicou o incidente, Barbosa deixou entender que o episódio pode ter sido um ato de agressão contra o Brasil.

“É um tema que envolve agressão à nossa pátria e como é da nossa tradição, nós vamos encontrar”, disse ele. “Não posso assegurar se é breve ou longa [o tempo de investigação], mas vamos continuar até onde necessário”, completou o militar, segundo a EBC.

Através de estudos feitos por cientistas do Universidade Federal da Bahia e do Rio Grande do Norte, sabe-se que a origem do óleo que atingiu o Nordeste brasileiro é venezuelana. Barbosa, no entanto, procurou não responsabilizar o governo de Nicolás Maduro diretamente.

“O que se sabe pelos cientistas, é que o petróleo é de origem venezuelana. Não quer dizer, que houve em algum momento, e não houve isso, envolvimento de qualquer setor responsável, tanto privado quanto público, da Venezuela nesse assunto”, disse Barbosa.

https://www.opiniaocritica.com.br/noticia/861/comandante-da-marinha-diz-que-vazamento-de-oleo-foi-uma-qagressao-a-nossa-patriaq?fbclid=IwAR2fIpXRYfartvo8XbnHfrsLS4ynJgI_0LxU5IyW3BSZEX6I773FVADgaZs

SANTANA

SANTANA - Jornalista e Bacharel em Ciência Política

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *