COM UM EFETIVO ENORME, A GUARDA DO RIO DE JANEIRO PRECISA SER ARMADA

Apoiado por Crivella, projeto para armar a Guarda será votado na semana que vem

Por: Paulo Cappelli

O prefeito Marcelo Crivella (PRB) apoiará um projeto de lei que, se aprovado, dará porte de arma de fogo aos agentes da Guarda Municipal. O armamento é previsto pelo Estatuto do Desarmamento (lei federal), mas exige, antes, a regulamentação pelos vereadores.

O acordo entre prefeitura e Câmara prevê que o texto seja votado na próxima quinta-feira (21).

“É uma necessidade. O estado tem déficit de 20 mil policiais militares, número que aumenta a cada ano. A Guarda será capacitada psicologicamente e tecnicamente em convênios com a PM e a Polícia Federal”, afirma o secretário municipal de Ordem Pública, Gutemberg Fonseca, que diz não acreditar que o armamento aumente os casos de balas perdidas. A Guarda tem hoje efetivo de 7,5 mil agentes.

Oposição

Líder do PSOL no parlamento, Tarcísio Motta critica a ideia e fará oposição ao projeto.

“A Guarda tem função de zelar pelo patrimônio público, não de policiamento de repressão. Armar vai contra a sua proposta e expõe os agentes a perigo, uma vez que eles passam a virar alvo. Mais arma não significa mais segurança”, opina.

https://extra.globo.com/noticias/extra-extra/apoiado-por-crivella-projeto-para-armar-guarda-sera-votado-na-semana-que-vem-24080570.html?utm_source=Facebook&utm_medium=Social&utm_campaign=Extra&fbclid=IwAR0PFDs8SFL4lQl1B6BrIZjahTub-FzMZ4mLQmAAIlzPNsfesoIs1M69TRI

COMENTÁRIO..

Esses partidos de esquerda só defendem vagabundos..não estão preocupados com a segurança do cidadão mas, com o bem-estar dos criminosos.. para eles vagabundo armado de fuzil é norma.. Parabéns ao Prefeito do Rio de Janeiro, demorou para esse efetivo enorme da Guarda Municipal se enquadrar na Lei Federal 13022 e ser armar.. a população merece e necessita ter mais segurança.

SANTANA Jornalista / Bacharel em Ciência Política pmbnoticias.com

SANTANA

SANTANA - Jornalista e Bacharel em Ciência Política

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *