Bolsonaro defende o fim dos “saidões” de presidiários: “Só se for de uma cela para outra”

O presidente Jair Bolsonaro foi enfático, nesta quinta-feira (3), ao defender o fim dos “saidões” de presidiários. Ele discursou durante o lançamento da campanha do pacote anticrime, que prevê, entre outras medidas, a restrição desse benefício.

– Saidões, para mim, podem existir da cela para outra parte da prisão. Eu acho que está bom, nada mais além disso – afirmou.

Bolsonaro também defendeu a aprovação do pacote anticrime para aumentar a rigidez das leis penais.

– Tenho certeza, em havendo, e haverá, o consentimento do Parlamento brasileiro, de que essa proposta será aprovada. E aquele que, porventura, no futuro, após a lei sancionada, quiser praticar um crime, porque são crimes premeditados, vai pensar muito, antes de cometê-lo, pois certas regalias como saidões deixarão de existir – declarou.

PACOTE ANTICRIME
O governo federal lançou nesta quinta-feira (3) uma campanha publicitária de defesa do pacote anticrime do ministro Sergio Moro (Justiça). A campanha busca sensibilizar a população a apoiar regras mais rígidas para crimes, principalmente hediondos e cometidos por organizações criminosas.

https://noticiabrasilonline.com/bolsonaro-defende-o-fim-dos-saidoes-de-presidiarios-so-se-for-de-uma-cela-para-outra/amp/?fbclid=IwAR3fL7k9xFz_f4IEgBFcu2C97E8asqm7Z_jYxFIxg8KjRTxFMl-GRJ_oJU4

SANTANA

SANTANA - Jornalista e Bacharel em Ciência Política

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *