Austrália proíbe reprodução de cachorros e gatos para vendas em lojas

Aos poucos, a Austrália está propagando por todo o país a proibição da reprodução de cachorros e gatos para fins comerciais, tentando acabar com as “fábricas” de filhotes de animais domésticos.

O estado de Victoria, onde está a metrópole Melbourne, sancionou a lei que proíbe a criação de filhotes para comercialização. A medida começa a valer efetivamente em julho e significa, na prática, que além do fim da reprodução comercial, também não existirá mais a venda de animais em feiras, parques, sites, clínicas veterinárias e qualquer outro estabelecimento comercial.

A criação da lei foi inspirada na história de Oscar, um cão adotado pela ativista Debra Tranter, que o resgatou em péssimo estado físico e psicológico por conta do período em que passou nas mãos do mercado e, desde então, luta para conseguir sua guarda. Ela fundou a Oscar’s Law, uma organização sem fins lucrativos dedicada a abolir as fábricas de animais domésticos na Austrália.

“A proibição vai destruir este modelo de negócio e ajudar a acabar com a crueldade animal”, diz Debra no site da ONG.

A esperança é que a lei se espalhe pelo país o mais rápido possível. A medida é a primeira do tipo na Austrália e prevê campanhas de incentivo aos meios de adoção responsável.

https://www.hypeness.com.br/2018/01/australia-proibe-reproducao-de-cachorros-e-gatos-para-vendas-em-lojas/?utm_source=social&fbclid=IwAR1HKlQgOFF4-bdQ9sgI2eEeBoJLs-fpXvGjK9EwhaAASBjK-aqo52nrkNQ

SANTANA

SANTANA - Jornalista e Bacharel em Ciência Política

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *