A arcaica Feneme e sua visão distorcida sobre Segurança Pública

Por SANTANA

Recebemos com enorme indignação essa ” NOTA TÉCNICA 003/2020 – O PODER DE POLÍCIA DE SEGURANÇA PÚBLICA E AS GUARDAS MUNICIPAIS – FENEME “

Essa “Associação Feneme” é uma Aberração.. sempre agindo contra a evolução da Segurança Pública e as Guardas Municipais que são a consequência prática desta evolução da Política de Segurança Pública, voltada para o social, sendo um modelo de polícia mais adequado para as atuais necessidades, pois desenvolve o modelo de policiamento mais humano e preventivo.
Esta “Associação Feneme” nunca esteve preocupada em melhorar o serviço prestado a sociedade, ou sequer, pleitear melhoras para os milhares de “Praças” que são os que realmente, combatem e sofrem com o crime diariamente nas diversas cidades brasileiras, além da falta de condições estruturais e com os péssimos salários..
Já os tais oficiais desta Associação, em sua maioria da reserva.. ganham altos salários.. os membros da ativa, praticamente, não correm risco algum, pois grande parte, trabalha interno..no conforto e segurança de seus gabinetes.. estes, não representam a grande maioria dos valorosos policiais militares do Brasil.. só estão preocupados com o próprio umbigo, e em manter o poder e em eliminar esta “ameaça” ao seu projeto de poder chamada Guardas Municipais..
Estas que, exercem um trabalho diferenciado.. preventivo.. comunitário..social e humano nos municípios, em locais muitas vezes esquecidos pelas políticas públicas.
Podemos citar também o fator financeiro.. muitas prefeituras sustentam as necessidades estruturais, aluguéis, equipamentos, viaturas, operação delegada e mordomias destas Corporações (Corpo de Bombeiros e batalhões de Trânsito) além, do enorme cabide de emprego em que se tornou diversas Prefeituras de centenas de Cidades, onde policiais militares da ativa e reserva ocupam cargos comissionados com altos salários e mordomias pagos pelo contribuinte.
Esperamos que, o Judiciário e os Prefeitos se conscientizem da necessidade e valor que as Guardas Municipais possuem para a nossa sociedade, a nível Nacional e que, o quanto antes os Parlamentares atendam ao anseio desta e não se submetam a Corporações arcaicas e corporativistas que almejam o Monopólio da Segurança Pública e a degradação das Guardas Municipais, de modo a, aprovar com urgência uma PEC , inserindo as Guardas Municipais no inciso correto do artigo 144 da CF.. criando de fato a polícia municipal, a exemplo dos EUA e Europa, corrigindo esta falha grotesca do Sistema Nacional de Segurança Pública, sanando esta enorme injustiça para com os mais de 130.000 GCMs deste Brasil e melhorando drasticamente a Segurança do Cidadão. A Segurança Pública se inicia nos Municípios!! O Poder, e o Monopólio da Segurança Pública não pode estar nas mãos de uma única corporação.

Santana Jornalista / Bacharel em Ciência Política
pmbnoticias.com

https://youtu.be/lNjqDNdCRHk

SANTANA

SANTANA - Jornalista e Bacharel em Ciência Política

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

RSS
Follow by Email
YouTube
YouTube
LinkedIn
LinkedIn
Share
Instagram