Psicóloga Marisa Lobo acusa Globo de ‘falsa narrativa’ no caso do travesti pedófilo

Travesti causou revolta por ter assassinado uma criança
Marisa Lobo comentou reportagem do Fantástico
A psicóloga cristã Marisa Lobo comentou o caso do transexual Suzy entrevistado pelo doutor Drauzio Varella em uma reportagem para o Fantástico. Suzy, cujo nome de batismo é Rafael Tadeu de Oliveira dos Santos, foi preso por estuprar e matar uma criança de 9 anos. Com a revelação do motivo da prisão, alguns internautas decretaram um novo boicote à Rede Globo por ter omitido a informação.
– Antes de defender um travesti, procura saber seu crime, Drauzio Varella. Eu sou psicóloga, fiquei imaginando a família do menino de 9 anos que ele – o “Suzy” – estuprou e matou com requintes de crueldade. O pai, a mãe, a família dessa criança merece nosso abraço e respeito.
Marisa ainda disse que tanto Drauzio quanto o Fantástico deveriam pedir perdão à família de Fábio dos Santos Lemos. Diante da comoção gerada, até mesmo uma vaquinha virtual foi feita para ajudar Suzy.
– O dinheiro arrecado deve ser doado à família da criança. Vocês criaram uma falsa narrativa de coitadismo deveriam ser processados.

http://amigosdaguardacivil.blogspot.com/2020/03/psicologa-marisa-lobo-acusa-globo-de.html

SANTANA

SANTANA - Jornalista e Bacharel em Ciência Política

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *