Pfizer informa que vacina traz risco para nascimento de crianças com má formação

O extenso documento de protocolo clínico da vacina Pfizer (leia na íntegra aqui) em sua página 132, apêndice 4, informa que homens e mulheres vacinadas não devem ter relações heterossexuais desprotegidas até 28 dias devido ao “risco de segurança reprodutiva”, em outras palavras, você não pode fazer sexo com risco de ter um filho, pois crianças nascerão defeituosas devido a manipulação genética causada pela vacinada que usa o RNA mensageiro, caso da Pfizer. E no documento informativo aos profissionais da saúde da Inglaterra (confira o documento aqui), no item 4.5 afirmam não terem estudos de interações medicamentosas (você pode tomar qualquer remédio comum e pode ter um efeito desconhecido) e no item 4.6 a empresa deixa claro que não sabe se a vacina trará infertilidade.

28 dias seu filho pode nascer com má formação congênita, e depois? No dia 29 você está limpo? Seus efeitos são permanentes ou temporários como dizem? Isso afetar todo o sistema reprodutor ou só uma parte dele? Pessoas podem ou não ficar inférteis? Quais serão as reações após tomar um medicamento que você sempre tomou? Quais testes temos para trazer segurança? Nenhum. A tecnologia de RNA mensageiro é sim manipulação genética.

SANTANA

SANTANA - Jornalista e Bacharel em Ciência Política

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

RSS
Follow by Email
YouTube
YouTube
LinkedIn
LinkedIn
Share
Instagram