PF diz que Maia cometeu os crimes de corrupção e lavagem de dinheiro

 Polícia Federal (PF) afirmou ao Supremo Tribunal Federal que há indícios de que o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), cometeu os crimes de corrupção passiva, falsidade ideológica eleitoral e lavagem de dinheiro.

A informação consta no relatório conclusivo de inquérito que apura se o deputado, e seu pai, o ex-prefeito César Maia, receberam propina da empreiteira Odebrecht, informa o site jurídico JOTA.

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Edson Fachin, dá prazo de 15 dias para que a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, decida se oferece denúncia ou não no caso.

Segundo a PF, Maia e seu pai, ex-prefeito do Rio de Janeiro, praticaram crime eleitoral “na modalidade “Caixa 3”, ao apresentar apenas as informações de cunho estritamente formal das doações repassadas por empresas interpostas quando o verdadeiro doador era o Grupo Odebrecht”, informa o jornal Estadão.

SANTANA

SANTANA - Jornalista e Bacharel em Ciência Política

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *