SOMOS SOLDADOS DO NOSSO BRASIL

Somos soldados do nosso Brasil’, diz Bolsonaro sobre candidatura com general

Chapa foi anunciada neste domingo. Chamou os comunistas PT e PSDB de ‘facção’

Jair Bolsonaro (PSL) oficializou general Hamilton Mourão (PRTB) como seu vice na disputa ao Planalto.

O candidato a presidente Jair Bolsonaro (PSL) confirmou na tarde deste domingo (5.ago.2018) o nome do General Hamilton Mourão (PRTB) como seu vice na disputa ao Palácio do Planalto. A oficialização ocorreu durante a Convenção Nacional do PRTB, em São Paulo.

Ao discursar no evento, Bolsonaro declarou que, a partir daquele momento, ele deixava de ser capitão e seu candidato a vice de ser general. “No momento, deixo de ser capitão e o general Mourão deixa de ser general. Nós passamos a ser, a partir de agora, soldados do nosso Brasil”.

Segundo o militar, a aliança entre o PSL e o PRTB unirá forças para combater a polarização do PT e do PSDB.

“Não podemos mais ficar esperando qual facção vai continuar no poder, se é a do PT ou a do PSDB”, afirmou.

“Juntos, unindo forças, somando qualidade, nós temos como atingir esse objetivo. Eles podem ter muita coisa, mas só nós temos o povo ao nosso lado”, completou.

Bolsonaro foi ovacionado no evento aos gritos de “mito” e “1,2,3,4,5 mil, queremos Bolsonaro presidente do Brasil”.

DISCURSO DE MOURÃO

Em sua 1ª fala como vice-candidato a presidente, o general Mourão relatou a emoção de compor a chapa com Bolsonaro após receber o convite do candidato. “Podem ter certeza que em 46 anos de vida militar, tive inúmeros momentos da mais forte emoção, mas o que estou vivendo hoje ultrapassa tudo isso”, disse.

Segundo ele, a união com Bolsonaro terá o objetivo de defender a “integridade” do território brasileiro e da democracia.

“Estamos juntos por 1 valor maior. E qual é o nosso valor maior? O bem comum do povo brasileiro. A defesa da integridade do nosso território. A defesa da integridade do nosso patrimônio e de uma verdadeira democracia, onde haja oportunidade a todos e todos ascendam pelos próprios méritos e não por esmolas”, disse.

“A partir de hoje, iremos enfrentar tudo isso que nos assalta. Tudo isso que nos assola e nos perturba. A partir de 1 governo austero, honesto, sem corrupção, com eficiência gerencial e com relacionamento republicano com os demais poderes, ou seja, sem balcão de negócios”, afirmou.

DESISTÊNCIA DE FIDELIX

Na convenção, Levy Fidelix, então pré-candidato do PRTB, disse que abriu mão de sua candidatura pela união de Bolsonaro e do general por entender que “é a única solução” para melhorar o país.

“Diante desse caos, com a inversão de valores, com a família pisoteada. Não podemos deixar que a sociedade continue assistindo o desmanche nacional. Essa união PRTB e PSL é a única solução”, afirmou.

http://amigosdaguardacivil.blogspot.com/2018/08/somos-soldados-do-nosso-brasil-diz.html

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *